Moto Boy: em SP, detestáveis figuras do trânsito. Na Suécia, estilosos cantores de rock

Enquanto o Festival Invasão Sueca não chega, um bom exemplar da terra do Abba e da carne de rena é Moto Boy.

O garotão ainda está em seu primeiro álbum, lançado, por enquanto, apenas na escandinávia no início deste ano.

Confira aqui o vídeo de uma das canções mais bacanas de seu álbum homônino, What It Was To Be With You.

Conheço uma pessoa que ficará caidinha por ele. Aliás, conheço mais uma. Hum, e mais outra. E mais outra… E outra…

Anúncios

8 Respostas to “Moto Boy: em SP, detestáveis figuras do trânsito. Na Suécia, estilosos cantores de rock”

  1. Marcelo Pinho Says:

    Olha q legal!
    Hummmm Moto Boy da suécia cruza a faixa e fecha o meu caminho…

    Marcito, muito divertido o nosso sábado, ficamos loucos e suaaaaves!
    É nóóóéeeeeesss!

  2. adorei nosso sábado!
    foi hiper bacana.

    odeio motoqueiros na paulista!

    bjos

  3. Como assim “detestáveis figuras”? São a tradução desta cidade

  4. Não são, Caetano Veloso diz outra coisa… rs

    Desculpe-me se pareci rude, mas é uma categoria que, realmente em quase a sua totalidade, desrespeita todas as leis de trânsito, atrapalhando os motoristas e pondo em risco a vida dos pedestres.

    O trânsito de SP é um caos e não é apenas culpa dos motoqueiros, claro. Pedestres e motoristas são co-responsáveis também. No entanto, dos três grupos, ainda penso que o das duas rodas é o mais irresponsável.

    Quanto ao Sr. Pinho e à Srta. Ukstin, também curti bastante o sábado. Foi ótimo!

  5. Vejamos…como capa de revista Caras, até que vai!Como cantor está em melhores condições…CONCLUSÃO: Agradável!!!

    ;D

  6. acho péssimo esses motoqueiros!

    adoro sábados em quartinhos ….

    bjos

  7. Marta Ribeiro Says:

    Márcio, adorei seu blog!!!!
    É a sua cara!
    Saudades!
    Muito sucesso!!!!
    Aliás, concordo que motoboys atrapalham e muito o caótico trânsito de Sampa…

    Bjo

  8. Lucio Flávio Villar Lirio Says:

    É importante ressaltar que são duas as categorias: Motoqueiros, e motoboystas. Os motoboystas são conhecidos pelas seguintes características: São horrorosos na sua maioria, duros, mal cheirosos, sujos, jaquetinha da califórnia racing que no passado era coisa de bom gosto, bastou cair nas mãos deste animais para virar lixo e ninguém mais querer, só os motoboystas. Normalmente são acompanhados de barangas horrorosas, baianinhas feinhas com aquelas botas com uma sola enorme de borracha, e atrás delas, a famosa botinha de borracha com solado amarelo, o maior sinal de bom gosto dos motoboystas. Morrem ao montes em São Paulo, mas já está tramitando no congresso a lei que finalmente vai acabar com a alegria desta raça de bandidos, pois será finalmente proibido circular entre os carros. Vai dar trabalho no começo, mas depois de algumas prisões e muita porrada, eles terão que se conformar e pronto. O único problema é que a criminalidade vai aumentar na mesma proporção, pois eles não terão outra escolha a não ser roubar e partir para a vida do crime, que na verdade não é muito diferente da que eles normalmente levam. Raça maldita, cabeça-de-bater-bife, desdentados fumantes e drogados. Voltem para seus estados de origem seus maltditos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: